terça-feira, fevereiro 24, 2009

Já só faltam 2 dias!

ImageChef.com - Custom comment codes for MySpace, Hi5, Friendster and more

5 comentários:

Fernando Vasconcelos disse...

Ainda bem que relembrou para colocar o cartaz em maior destaque !

Fantasia Musical disse...

É desta vez que nos encontramos?! ;)

bell disse...

Creio que nunca nos cruzámos. Não conheci ninguém ligado à música enquanto estive lá, excepto a minha professora de Música (cadeira a que passei com um 10 à rasquinha, eheh)

Fantasia Musical disse...

Quem andou na ESE ou até no antigo magistério primário (como o meu irmão) ficou com uma ideia da música algo distorcida (me parece): Música será uma matéria difícil de aprender, com exigências complicadas para o comum dos mortais :)
E, na verdade, poucas vezes referem o prazer de fazer música em conjunto, a descoberta dos sons aliada às outras artes..., quando me parece que, para professores de 1º ciclo ou pré-escolar, a aposta deveria ser mais nesse sentido e menos no das teorias... Com a imagem com que ficou da música, raras serão as vezes que esta arte entrará na sala de aula do meu irmão. Uma pena!...

bell disse...

Lembro-me de estudar as escalas, de ter de fazer solfejo(seria??) e pouco mais. Ah, fazíamos ditados rítmicos. Havia um colega que sabia um pouco de piano e que inveja tínhamos dele! No estágio, no 1º ciclo, tínhamos de ensinar canções (encomendadas pela professora) aos alunos. Nunca mais me esqueço de ter de cantar "Uma Árvore, Um Amigo" que fiquei a odiar, óbvio.

No segundo ciclo, nunca tivemos aulas de música. Estava no horário, mas não havia professor. Portanto o "contacto" com a música só ocorreu na escola superior, tarde demais, como se veio a verificar.