terça-feira, janeiro 13, 2009

Uma página bem interessante!

Ao longo de toda a minha carreira, raros foram os anos em que não fui directora de turma (DT). Este ano pedi que não me fosse atribuido esse cargo. Acredito que seja difícil para todos os professores realizarem essa missão, mantendo sempre o sorriso de todos intervenientes. Em casos extremos, chega a ser um papel ingrato, na medida em que nos torna mediadores em situações bastante difíceis. Mas para os professores de Educação Musical é absurdamente complicado!

Imaginem 8 turmas (com 2 ou mais níveis de aprendizagem) e 2 Área de Projecto em simultâneo com a direcção de turma. Imaginem os finais dos períodos: reuniões para preparar, faltas, cartas aos encarregados de educação (...) ao mesmo tempo que se tem de preparar a festa de Natal, o concerto de Páscoa ou de final de ano. Ah!... E 8 conselhos de turma e notas para dar a todos os alunos. Aterrador!

Este ano consegui libertar-me de parte dessa carga. E, mesmo assim, tem sido complicado...

Bem, mas lembrei-me hoje da DT na altura em que vi este site. Sempre que leccionei Formação Cívica (área curricular leccionada pelo DT), utilizei excertos deste livro de cidadania de Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada (curiosamente, neste formato digital não aparece em lado nenhum os seus nomes!). É excelente para trabalhar com os alunos questões "simples" como impostos, paz ou justiça, entre outros. Aconselho vivamente!

2 comentários:

.....sem palavras..... disse...

Olá, continuo a ver este blog e nunca deixa de me surpreender...parabéns, está um bom trabalho.

Fantasia Musical disse...

Obrigada!
É sempre a pensar em vós que me divirto tanto aqui pelo blogue :)
Deixa-me feliz, o poder partilhar as coisas boas.