segunda-feira, abril 27, 2009

Nuno Álvares Pereira

Nuno Álvares Pereira nasceu a 24 de Junho de 1360 em Cernache do Bonjardim. Do seu casamento resultaram três filhos, sobrevivendo apenas a sua filha Beatriz que se viria a casar com D. Afonso, dando origem à Casa de Bragança.

Foi comandante supremo do exército, sendo conhecido pelo seu perfil de excelente estratega militar. Mas foi a sua intensa vida de oração e bem-fazer, numa conduta de grande humildade que, associado ao milagre da cura da córnea do olho de uma idosa de Castelo de Ourém, lhe permitiu ascender à categoria de Santo.

Sendo a família do meu marido de Cernache do Bonjardim, imaginam a importância que assume este assunto... Veremos que modificações trará este acontecimento para esta pacata vila do Interior do país, perto do centro geodésico de Portugal.


(Vista da varanda da casa dos meus sogros)

1 comentário:

entremares disse...

Independentemente de outras razões que cada um poderá ter... gostava que o nome do Condestável não ficasse só ligado à aura de santidade, de piedade e de desprendimento material que, reza a história, o caracterizou.

Gostava que algures na escola, se ensinasse às crianças que a história de David e Golias, enquanto nosso passado colectivo em Aljubarrota, é real... e essa postura combativa perante as dificuldades não se pode esfumar num " fado ", e numa saudade ingénua.

Falta ensinar ( creio ) que o futuro poderá ( e deverá ) ser sempre mais brilhante do que foi o passado.

Só é preciso coragem e liderança.

Uma boa semana...