quarta-feira, agosto 15, 2007

CRCB fechado para obras

Sempre senti o conservatório como MEU.

É certo que foi lá que completei o meu curso complementar e, é certo, que é lá que estudam as minhas filhas e o meu marido. Mas não é por isso!

As escolas são feitas pelas pessoas e o Conservatório tem sabido rodear-se, ao longo da sua existência, de muito boa gente: excelentes professores, bons funcionários, direcções pedagógicas dedicadas e um gestor que, apesar da saúde algo débil, mantém o sorriso e a disponibilidade. Obrigada Sr. Nunes!

A partir de hoje, 15 de Agosto de 2007 e durante alguns meses, o espaço físico do Conservatório será diferente. O velho edifício vai para obras. Eu sei que bem precisa... Aliás, basta verem as fotos que a seguir apresento. Mas tenho pena de perder o MEU Conservatório: as salas onde estudei, os cantos onde pus as conversas em dia, o auditório Liszt onde fiz os meus exames... As saudades apertam já!

Sei que no próximo ano entrarei num espaço mais amplo, luminoso e arejado. Mas espero sentir-me, de novo, em casa. Percebem-me, não é verdade?


5 comentários:

B@!!! disse...

Bem que está a precisar de umas obritas...mas vou sentir muitas saudades não só do edifício mas também das recordações com os meus amigos, nas aulas, nas provas de aferição... mas tem que ser!

AP disse...

Pois é B@! Tem de ser...

Ana Luísa Marques disse...

Pois... Ao mesmo tempo que vocês perdem o conservatório nós perdemos o Cine-Teatro.. Mas para sempre!! Entendo perfeitamente a vossa dor.. Tanto que prefiro nem estar por aí para me despedir dele! Enfim... Afeiçoamo-nos aos edifícios sem percebermos muito bem porquê. Mas lá que precisa de umas obritas.. Lá isso precisa!! Também vou ter muitas saudades daquele edifício pois também convivo há já vários anos com ele... (Desde 2002 será possível já tanto tempo??)
São muitas saudades para um dia só!
Bem resta-nos esperar pelo fim das obras.. Confesso que pela minha parte, estou mesmo muito curiosa!! Haja paciência para a espera.....

AP disse...

Vão perder o cine-teatro? Onde? "E não há queira vos queira valer?" como dizia Zeca Afonso. Incrível!...

E, claro, teremos que ter muita paciência na espera. É que todos sabemos como se realizam este tipo de obras em Portugal...

Ana Luísa Marques disse...

Ah pois é... Também vamos todos perder o Cine-Teatro pois teremos que o ceder para o Conservatório... A partir de ontem poderemos usar apenas as instalações da Agrária...
Enfim parece-me que é por uma boa causa.. Também vou ter saudades, confesso...
Lá dizia o outro o que tem que ser tem muita força...