quinta-feira, setembro 27, 2007

E porque não?


Retirado daqui

4 comentários:

Professorinha disse...

A ideia é boa... o problema é que os alunos nao são os mesmos.. Achas que posso mandar vir alguns alunos daqueles para mim???....

Beijos

AP disse...

Pois... Muitas vezes assim é. Outras há, no entanto, em que a culpa também é nossa, pelo desencanto que sentimos. Acontece é o tal Cansaço de que falava ontem... Não preciso de tos enumerar. Mas também sei, por experiência própria que, por vezes, basta-nos uma palavra amiga de alguém que nos acompanha, para nos impulsionar. Não concordas?

E, se leste os comentários do blogue de onde retirei o video, verás que a falta de dinâmica parte também dos professores. A culpa não é toda dos alunos e da sua falta de educação. A formação de professores estagnou no tempo e, o que para este docente é uma forma interessante de ensinar e aprender, para outros é uma barafunda incompreensível :-(

paulo g. disse...

A experiência é interessante.
Julgo que as reservas que alguins colegas colocaram no Umbigo resultam mais do que a Professorinha referiu.

Eu nunca fiz exactamente isto, mas a dramatização exagerada da leitura de alguns textos ensino-a a fazer, especialmente nas turmas mais desinteressadas pela leitura.

Nas outras eles fazem-na de forma espontânea.

AP disse...

Sim, é verdade que os alunos não são como nós gostariamos que fossem... E mais, parece-me que a cada ano são piores: mais instáveis e a precisar de mais atenção.Mas, enfim, temos que ir mudando as estratégias de ensino, o que nem sempre acontece (falo também na 1ª pessoa). A criatividade passa, desde logo, a ser uma grande vantagem para conseguirmos chegar aos novos alunos. E é possível fazermos trabalhos interessantíssimos com eles. Fisicamente será cada vez mais esgotante? Ai isso, sem dúvida!