quarta-feira, novembro 14, 2007

O que é isso de piano com sound mirrors?

Na sexta-feira passada, lembrei-me de uma curiosidade que li há uns tempos no blogue do Conservatório de Setúbal (8 de Outubro de 2007). Estava sentada no grande auditório da Gulbenkian a assistir a um concerto de piano e não conseguia ver a orquestra completa.
Este problema é ainda mais acentuado quando o pianista dirige em simultâneo a orquestra, pois não consegue ver todos os músicos! E, se tentar baixar a tampa, o som perder-se-á.

Parece que a Steinway resolveu este problema: criou o piano com o mecanismo de espelhos de som (Sound Mirrors). Com este mecanismo, que consiste em 6 placas de vidro que substituem a tampa do piano, o som é direccionado para o pianista, que consegue assim ver a orquestra completamente. Segundo o pianista Pierre-Laurent Aimard, o som é inclusivamente melhor do que com as tampas tradicionais, pois cada placa de vidro projecta um registo diferente do piano, em vez da concentração sonora que é normal com uma tampa única. Já conheciam?

2 comentários:

Stalker disse...

Eu desconhecia completamente! E é interessante, mesmo muito interessante.

AP disse...

Pois bem... para que servem os amigos? :)