sexta-feira, janeiro 04, 2008

Pianos transformados em bases de vasos?!

Integrada na mostra de arte conceptual «Pianofortissimo», promovida pelo Museu Vostell Malpartida (Espanha) e pela Fundação Mudima (Itália), apresenta-se a maior exposição em Portugal do movimento artístico Fluxus (criado nos anos 60 e que tem como mentor inicial o músico Jonh Cage).
Dezasseis pianos convertidos em obras de arte: pianos transformados em bases de vasos, outros com cimento nas cordas ou forrados a luzes ou ainda convertidos em manjedouras, ligados a vários electrodomésticos de uma cozinha, emitindo música de forma original.

Esta curiosa mostra poderá ser vista entre 19 de Janeiro e 30 de Março, no Museu Convento dos Lóios, em Santa Maria da Feira.

2 comentários:

Képia disse...

Bem extraordinário, mas fez-me lembrar uma história. há uns dez anos atrás andei nos antiquarios a ver de um piano vertical para ter cá em casa para preparar aulas e não me apetecia nada ter um electrico porque acho os acusticos muito mais bonitos. Bem, corremos e corremos e procuramos e na altura vimos muitos mas de armação de madeira, de ferro muito poucos e carissimos, mas qual não foi o meu espanto quando em VARIOS sitios desses me diziam que para o efeito era melhor um de armação de madeira por ser mais barato. a 1ª vez ficamos a olhar sem perceber, eu nem sequer dizia nada... :Z estranho
bem... quando perguntamos qual efeito imagina que me disseram que a maior parte das pessoas que compra pianos nos antiquários procura esses para fazer "bar" para por as garrafas nas suas salas :Z :Z :z lololol

não tem nada a ver com esta fantastica exposição mas fez-me lembrar lololololol

AP disse...

Bar?! Pois nunca imaginaria tal! Quando estudava violino, num luthier em Lisboa, muitas vezes encontrei candeeiros... :)